Clima seco, olho seco! Saiba como driblar o desconforto


Para que os olhos não sofram com a alta concentração de partículas de poluição que aumenta quando o tempo está seco é fundamental que eles estejam sempre lubrificados.

Apesar de o organismo produzir naturalmente as lágrimas para evitar alergias e o ressecamento dos olhos, algumas medidas podem ser tomadas para garantir a saúde ocular e evitar problemas no futuro.

De acordo com o oftalmologista Sérgio Kandelman, o ar seco piora a lubrificação dos olhos e pode causar ardência e desconforto, o que prejudica o bom desempenho da visão nas atividades diárias, seja em casa ou o trabalho.

― O ideal é que as pessoas que sentirem esses sintomas nesse cenário procurem um oftalmologista para evitar problemas futuros na visão.

O oftalmologista alerta que não é somente em ambientes ao ar livre que devemos ter cuidado com os olhos. Segundo ele, pessoas que passam muito tempo em frente ao computador devem redobrar o cuidado com a saúde da visão.

― Nesse caso, é muito importante lubrificar os olhos mais de uma vez por dia para mantê-los saudáveis e evitar que haja alguma sequela permanente. O mais indicado para o tratamento é o uso de uma lágrima artificial que aja nas três camadas do filme lacrimal, proporcionando hidratação e conforto ao paciente.

De acordo com a APOS (Associação Brasileira de Portadores de Olho Seco), estudos sugerem que cerca de 10% da população de um país deve ser portadora da doença, número que, no Brasil, representaria 18 milhões de pessoas.

Fonte: https://noticias.r7.com